mercredi 1 octobre 2008

Je ne fais rien... sans gaieté

Em Cluny, um vagabundo satisfeito passa o tempo na praça, com o aparente beneplácito de alguém bem conhecido.







Aucun commentaire: