mercredi 15 avril 2009

Mais sobre a exposição Jacques Tati

Homenagem a Jacques Tati em Paris


Clique acima para ouvir.


De 8 de abril a 2 de agosto, a Cinemathèque Française rende homenagem a Jacques Tati, criador do imortal Monsieur Hulot, que dispensa maiores apresentações. A Cinemathèque preparou uma exposição sobre a obra do cineasta, além de projeções de todos seus filmes. Quem não viu Tati, não sabe o que está perdendo.


















mardi 7 avril 2009

Desta vez não teve vaia

A seleção de futebol da França fez o segundo jogo contra a Lituânia pelas eliminatórias européias da Copa do Mundo de 2010, em Paris, no dia 01 de abril (não foi mentira). Desta vez, diferentemente do que aconteceu em outubro do ano passado contra a seleção da Tunísia, não houve vaia à Marselhesa. Ao contrário, todo o estádio cantou o hino com muito entusiasmo. A torcida francesa, apesar de um pouco comportada (ou ressabiada com a seleção), se comportou bem e o único vaiado foi o treinador Raymond Domenech. É verdade que o mau futebol jogado pelas duas seleções não empolgou. Mas pelo menos a festa no estádio foi bonita.


lundi 2 février 2009

Paris Incomparável

Agradeço imensamente ao amigo Guilherme por estas belas imagens, feitas entre os dias 15 e 30 de janeiro de 2009, e que mostram por que Paris é mesmo uma cidade incomparável.

Cenas de Inverno II















































Cenas de Inverno I

mercredi 17 décembre 2008

Au Printemps



Na manhã de 16 de dezembro, terça-feira, a poucos dias do Natal, a polícia descobriu cinco cargas de explosivos em um dos andares da famosa loja Printemps de Paris, no boulevard Haussman. Um grupo terrorista até então desconhecido do governo francês, e auto-denominado Front Révolutionnaire Afghan, teria reinvindicado a tentativa de atentado por meio de uma nota à agência France Press. Segundo a polícia, os explosivos eram velhos não tinham como ser detonados. De todo modo, a loja foi evacuada e o quarteirão foi isolado por algumas horas.
Mais detalhes na reportagem de Le Figaro, aqui.